Heidegger

Martin Heidegger, (1889-1976) nasceu em Messkirch (Alemanha), estudou teologia e filosofia influenciado pelo pensamento de Husserl. Em 1933 adere ao Nazismo e torna-se reitor da Universidade de Friburgo. Posteriormente afasta-se da atividade política, deixando o cargo de reitor, com o fim da guerra, os aliados o proíbem de lecionar, retornando a sua atividade somente em 1952, passando a viajar e proferir palestras.

Em razão de sua passagem política, Storig relata: “a curta adesão de Heidegger ao regime de Hitler foi amplamente discutida, em particular também na França, apesar de Heidegger ter percebido rapidamente o seu erro. Também se questionou se a filosofia de Heidegger apresentaria paralelos com a visão de mundo nacional socialista. Todavia, as ideias que ele desenvolveu antes de 1933 estão tão distantes de uma tal visão de mundo quanto a sua doutrina do tempo posterior.”

Principal expoente do existencialismo, podemos dizer que seu pensamento está sintetizado em sua principal obra: O Ser e o Tempo. Apesar desta obra ser dedicada a Husserl, sua filosofia é bem diferente. Conforme Reale & Antiseri, “o objetivo declarado do Ser e o Tempo é o de ontologia capaz de determinar adequadamente o sentido do ser. Mas, para alcançar esse objetivo, é preciso analisar quem é que se propõe a pergunta sobre o sentido do ser. Enquanto o Ser e Tempo se resume em uma analítica existencial daquele ente (o homem) que se propõe a pergunta sobre o sentido do ser, os escritos de 1930 em diante abandonam a proposição originária; não se trata mais de analisar aquele ente que procura caminhos de acesso ao ser, mas sim o ser mesmo e sua auto revelação. E aqui, precisamente, reside a reviravolta do pensamento de Heidegger, que, no segundo período de sua filosofia, prescinde da existência, que se torna uma determinação não essencial do ser. Como escreve ele: A história do ser rege e determina toda condição e situação humana.”

Dentre suas principais obras, citamos:

A Doutrina do Juízo no psicologismo
Sobre a Essência do Fundamento
Kant e o Problema da Metafísica
Ser e Tempo
A Doutrina de Platão sobre a Verdade
Carta sobre o Humanismo
Introdução a Metafisica
Bibliografia de referência:
STORIG, Hans Joachim – História Geral da Filosofia – Editora Vozes – 2008
REALE, Giovanni – ANTISERI, Dario – História da Filosofia – Volume 3 – Editora Paulus – 1990
O livro da Filosofia – Editora Globo – 2011